sábado, 11 de julho de 2015

Chegando em Geneve I | Parc des Bastions

Após 45 km de distância de Evian, chegamos a Geneve
Passamos por campos de lavandas e girassóis
"Querida, cheguei!"
Antes de sairmos de Aigle, entrei no Google para tentar entender o lugar onde iríamos logo que chegássemos. Havia ido apenas uma única vez, há três anos. Meus olhos não paravam de correr pelas ruas para tentar reconhecer alguma coisa, além de tudo, o GPS não estava funcionando na Suiça. Chegando a Geneve, sem saber a direção, pegamos o lado oposto do endereço. Vi umas placas de uma universidade, seguimos nesse sentido; chegando lá, pedimos informação para um rapaz, que não sabia falar inglês, espanhol, só francês... "tive que me virar nos 30", que comunicação louca! Com toda boa vontade em se fazer entendido, e eu no meu "francês capenga", consegui captar que teríamos que voltar para o outro lado do rio. Chegando em uma avenida, vi uma placa e lembrei do nome visto no Google, ufa! Que alívio! Fomos direto e chegamos no lugar desejado sem problema. Gente, foi incrível! Senti que o Senhor me tocou naquele momento, é sério! 
Depois de tudo resolvido, fomos dar uma volta pelo Centro Histórico e depois almoçar.

Genebra, também conhecida como Geneva (inglês) Genève (francês), Genf (alemão) ou Ginevra (italiano), é uma cidade com aproximadamente 200 mil habitantes, localizada na parte oeste da Suiça, próxima à França. 
Entramos no Parc des Bastions (também conhecido como "La Belle Promenade" Belo Passeio). Localizado no coração da cidade, é uma bela área verde que termina às portas na Place Neuve. Construído em 1726, foi projetado a fim de desenvolver um espaço para uma caminhada real (é por isso que passamos por lá! hahahaha).
Hoje em dia é local de entretenimento na cidade, onde são promovidos festivais de música, exposições e ponto de partida e de chegada da Corrida Escalade.
Com belas esculturas e caminhos refrescados no verão pela sombra das cinquenta espécies de árvores presentes no parque; o local tem um Café/Restaurante onde antes era um coreto; em uma das extremidades do parque tem os famosos jogos de xadrez com peças de cerca de 1 metro de altura. Conta com o Palais Eynard que hoje abriga a sede do Conselho de Administração de Genebra e o prédio da Universidade, construção de 1873.
Muro da Reforma Protestante no Parc des Bastions
O monumento de 1909 em comemoração aos 400 anos do nascimento de João Calvino e dos 350 anos da Fundação da Academia de Genebra, hoje Universidade de Genebra. Desenvolvido a partir de um concurso em que foi eleito um projeto de quatro arquitetos suiços, e dois escultores franceses; Paul Landowski e Henri Bouchard.
Achei bem bonito e interessante.
Idália, essa é para você!
Seguindo para Viellie Ville.
Au revoir.

Nenhum comentário: