quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Castel Nuovo | Napoli II

Também conhecido como Mashio Angioino, foi erguido no fim do século 13 como parte do ambicioso programa de expansão urbana  de Carlos I de Anjou. Tendo desempenhado até o início do século XVI, as funções de palácio real dos soberanos. É um dos elementos que mais se destacam no célebre panorama do Golfo de Nápoles.
Visite o Museu Cívico espalhado por diversas salas em três adares.
Quando se avista o castelo, impressiona pela beleza e grandiosidade.
É lindo!

Arco triunfal renascentista de dois níveis na entrada
Muitos turistas deixam Nápoles para trás... Não é raro que seja protagonista de episódios de violência envolvendo a Camorra, a potente máfia napolitana e a criminalidade. Estava com receio de tanto ouvir falar disso e da cidade, haja recomendações! Se eu "tivesse podido" teria desistido com toda a certeza. Como estamos acostumados no Brasil, é só redobrar a atenção, e não esquecer de ficar ligado em todo o tempo e deixar-se ser atraído pela cidade, pelo vulcão Vesúvio tão falado nas aulas de história, igrejas históricas, arquitetura e lindas ilhas nas redondezas. Sim, a gastronomia é 10. 
Li que Nápoles é a cidade mais incompreendida da Itália e também uma das mais intrigantes; é assim mesmo. Mas, querida Nápoles, foi um prazer te conhecer!
Arrivederci!
Deus abençoe.

Nenhum comentário: