segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Batistério | Firenze V

Em homenagem a S. João Batista; uma construção octagonal, que simboliza o tempo da ascenção de Cristo; a vida eterna, que é dada pelo batismo.
 O Batistério possui três portas:
A porta Norte, a porta Sul, e a  porta do Paraíso, por onde as pessoas que foram batizadas entravam na Catedral. Li que, quem não era batizado, não poderia entrar na igreja; por esse motivo, os Batistérios eram construídos fora das igrejas.
As portas agora são cópias das originais que foram removidas em 1990 porque estavam entrando em estado de deterioração. As originais estão no museu dell'Opera del Duomo.
Após 21 anos trabalhando no portão norte, Ghiberti recebeu a encomenda do portão Leste (1424-1452), apelidado por Michelangelo de "Porta do Paraíso". Os dez painéis em relevo mostram temas bíblicos
O Batistério está fechado temporariamente
Vendo tantos batistérios pela Itália, sempre lembro imediatamente da Palavra de Deus. 
O que a Bíblia fala sobre batismo?
"Assim surgiu João, batizando no deserto e pregando um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados" (Marcos 1.4).
"Antes da vinda de Jesus, João pregou um batismo de arrependimento para todo o povo de Israel" (Atos 13.24).
Jesus foi batizado por João no início do seu ministério (Mateus 3.13).
Ao entrar na fila dos arrependidos para o batismo de João Batista, Jesus, sem pecados, assumia uma posição de inferioridade para se tornar igual aos que estavam ao seu lado. Ele desejou criar intimidade suficiente para que os homens pudessem sentir o seu amor, revelado em suas atitudes para com os que estavam ao seu redor; seu posicionamento alicerçado pelo princípio de Deus, seu desejo de restaurar a vida e salvar o homem pecador, e que os homens pudessem perceber a sua glória, majestade e poder como filho Único do Pai. Além de revelar quem Ele era, essa intimidade acontecia para que os homens ficassem seguros de que Ele conhecia as suas dores, tentações, fraquezas, alegrias e tristezas. Jesus queria revelar o Pai com tal intimidade que os homens pudessem buscá-lo sem medo.
"Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos em todas as nações, batizando-os em nome do Pai do filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês, e eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos" (Mateus 28. 18 a 20).
Vamos andando...
Deus abençoe.

Nenhum comentário: