segunda-feira, 10 de junho de 2013

Café do Theatro Municipal | São Paulo

Que lugar lindo! Quando avistei o imponente teatro mais uma vez, dentre inúmeras vezes que passei por ele, fiquei imaginando outros tempos... (foto Wikipédia)
Só de estar no Theatro Municipal, já é bom; nos remete a outro tempo com seus inúmeros vitrais, grádios, pisos, paredes, tetos adornados, lustres, espelhos, pinturas e arte.
A decoração do Café ficou por conta dos irmãos Fernando e Humberto Campana e ficou incrível.
Bem vindos!
A responsável pelo Café do Theatro é a Sandra Valéria Silva, a mesma do "Bistro da Sara" no Bom Retiro https://donnagatta.blogspot.com/2013/06/bistro-da-sara.html.
O restaurante oferece opções de café da manhã da 9 às 11 horas e almoço das 12 às 15 horas de segunda a sexta. Aos sábados, o atendimento se estende até às 15 horas.
(Almoço - R$ 44,00 por pessoa)
Nos horários de espetáculo o local não serve refeição, mas funciona como bar, com cardápio de salgados e bebidas variado.
Informações pelo telefone: 3331.1874 (reservas).
Caldo Verde - Estava ótimo!
No bufê, alguns tipos de Saladas; de palmito, pepino e Tomate; tabule de frutas secas; de Ricota, gergelim e feijão branco; beterraba, folhas; abacaxi grelhado, pães...
Badejo com Batatas (estava muito bom); Lula recheada com Couscous - Cuscuz (estava picante para o meu gosto); Nhoque recheado com Parmezão (não gostei, achei "massudo"e frio)

Escalope de Filet mignon (estava ótimo) com chips de mandioquinha e Espaguete com Molho de Calabreza.
Lindo painel de espelhos recortados com a intenção de multiplicar a visibilidade dos elementos arquitetônicos da sala.
As cadeiras faziam parte da decoração original do teatro e foram mantidas para preservar a memória do espaço.
Desvendando o teatro...
Salão dos Arcos
Durante os primeiros anos do teatro, o Salão dos Arcos era um deposito, e seus túneis ligados diretamente a Praça Ramos de Azevedo e a um antigo hotel de luxo de cidade. Eles eram a passagem direta dos artistas internacionais que vinha se apresentar na cidade. (Via www.descobrindosaopaulo.com.br)
Almoçar aqui é uma delícia, vale o lugar!
Feitas de anéis de latão dourado sobrepostos, as bases de mesa e as luminárias exibem formato orgânico, desenho característico dos designers.
"Eles quiseram trabalhar com a escala cromática que já havia nas paredes: tons de bege e dourado formaram o fio condutor", explica Lélia Arruda, coordenadora de projetos do Estúdio Campana.
Valeu!
Deus abençoe. 

Nenhum comentário: